domingo, julho 31, 2005

O Comércio do Porto

"Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental"

É assim que resumem o blogue O Comércio do Porto. Já está na coluna da direita, com direito a destaque. Aqui o portuense continuará a ler o comércio.

CaLINadas

Por isso, disse o titular da pasta das Obras Públicas, não serão criadas novas linhas até “as coisas ficarem devidamente arrumadas, ao nível da sustentabilidade económico-financeira e do enquadramento político legal do projecto".

"há desenvolvimentos deste projecto já executados que não têm suporte financeiro”.

Para o ministro o projecto desenvolveu-se até agora "com muitos méritos, mas também com decisões que não estavam devidamente sustentadas, e tem uma ambição muito grande pela frente". do jornal "Público"

Parece que o ministro Lino está a falar da Ota ou do TGV... só parece, porque de facto está a referir-se ao metro do Porto! Realço a segunda frase (a "bold").

Depois da ministra da cultura, agora é a vez do Lino dar uma ajuda ao Francisco Assis...

sábado, julho 30, 2005

O Comércio do Porto

Image hosted by Photobucket.com

sexta-feira, julho 29, 2005

MICRO-CAUSAS

Seguindo a sugestão de JPP, aqui vai:
PODE O GOVERNO SFF COLOCAR EM LINHA OS ESTUDOS SOBRE O AEROPORTO DA OTA PARA QUE NA SOCIEDADE PORTUGUESA SE VALORIZE MAIS A “BUSCA DE SOLUÇÕES” EM DETRIMENTO DA “ESPECULAÇÃO”?
"Respeito muito os signatários, mas há sociedades que valorizam mais a especulação e a análise, enquanto outras valorizam mais a busca de soluções." (Manuel Pinho, Diário Económico, 28-07-07)

Todos nós ficaríamos mais informados e poderíamos discutir melhor, aceitando inclusive as razões do governo para tão vultuoso e controverso investimento. Não há nada a temer pois não? Não há segredos de estado, pois não? Não há razões para não se conhecerem, pois não? Até já deviam estar na rede. Eles devem estar feitos em suporte digital, é suposto. Por isso, ainda hoje podem ficar em linha, ou este fim-de-semana. Não há razões para demora.

Sugiro também, para no governo se ouvir melhor, que outros blogues e mesmo os meios de comunicação social possam todos os dias repetir a pergunta, o pedido, até ele ter a única resposta razoável. SFF.

(texto retirado do blogue de JPP)

Nuestros hermanos...

Como os portugueses gostam tanto de ser simpáticos com os seus vizinhos..

De Alqueva para Espanha

Espanha reteve em Janeiro 80% da água do rio Douro

Tudo muito distraído e.....

No meio de tanta polémica e confusão sobre Ota's e TGV's, "PS e BE aprovaram o projecto do PS que reduz os prazos dos referendos, com o objectivo de realizar nova consulta popular sobre aborto até final do ano, uma votação que levantou dúvidas ao PSD e CDS-PP."

No "JN"

Ligação Porto-Vigo é para manter

Do comunicado que consta no site da CMP, realço:

1. o Ministério do Fomento espanhol garantiu que «a Renfe não pretende deixar de prestar o mencionado serviço, nem tem conhecimento de que a CP tenha essa intenção».

2. a própria Renfe esclareceu que «neste momento não está prevista a supressão da referida ligação», apesar do desequilíbrio económico que esta linha acarreta para o lado espanhol.

3. A Renfe adiantou ainda que este foi um dos assuntos abordados na reunião de Março último entre a operadora espanhola e a CP, tendo ficado decidido que, apesar da sua pouca utilização e dos fracos resultados financeiros, a linha vai continuar em funcionamento, ao mesmo tempo que se estudam alternativas para rentabilizar o serviço.

Consultando o site da CP, facilmente se chega à conclusão porque esta linha não tem hipótese de ser rentável: o percurso entre o Porto e Vigo demora 3 horas! Sabendo que a alternativa é ir de carro e que demora pouco mais de uma hora a fazer o mesmo percurso, facilmente se percebe a razão da pouca utilização desta linha... Também não é de admirar... as condições devem ser as mesmas de quando eu ia para Caminha de comboio há quase duas décadas atrás... se calhar o meu avô também poderia dizer o mesmo...

Será que a alternativa referida no comunicado é a criação da linha de alta velocidade? E este percurso terá tanta gente que justifique o custo desta nova linha? É que uma linha de alta velocidade não pode parar em sítios como Ermesinde, Trofa, Barroselas, etc até chegar a Vigo! Ainda para mais as "tias" já nem precisam de se deslocar até Vigo para irem às compras ao El Corte Inglés...
A solução não seria simplesmente melhorar a ligação Porto - Viana - Valença, o que traria também melhorias e redução de tempo na viagem até Vigo, a um (bastante) menor custo?

Trocadilhos...

Só numa eventual candidatura de Marques Mendes a "chefe de Governo" se irá "avaliar a verdadeira dimensão do actual líder do PSD".

"nunca me pus em bicos de pés para nada".

"não tem dimensão para me preocupar com ele"

Declarações de Valentim Loureiro em relação a Marques Mendes...

quinta-feira, julho 28, 2005

No meio de tanta Ota...

A companhia de aviação de baixos preços irlandesa Ryanair anunciou ontem ter transportado 150 mil passageiros nos seis primeiros meses de operação da rota de voos diários entre o Porto e Londres. De acordo com o director de vendas e de marketing da Ryanair para Portugal, David Gering, dois terços destes passageiros efectuaram a rota Porto-Londres. A Ryanair, que reclama liderança entre as companhias aéreas de baixo custo, iniciou a 19 de Janeiro a sua primeira rota regular a partir de Portugal e prepara-se para dar início, a 31 de Outubro, à ligação Porto-Frankfurt Hahn.

No "O Primeiro de Janeiro"

O início da ligação Porto - Frankfurt é muito importante porque liga o nosso aeroporto a um dos prinicipais aeroportos da Europa e com ligações para todo o mundo. Haja esperança!

Serviço Público

Ontem tive de levar o meu filho ao Centro de Saúde de Aldoar, na Rua Serpa Pinto. Eramos os únicos para o serviço de vacinas. No entanto, ficámos cerca de meia hora à espera que fossemos atendidos. Entretanto, enquanto esperávamos pela "nossa vez", apercebi-me que estavam 3 funcionárias sentadas à conversa numa amena cavaqueira.
Passado um pouco, chegou uma senhora idosa que ficou também à espera de ser atendida, porque a médica estava na mesmíssima sala à conversa com as enfermeiras. O tempo foi passando e fui forçando o meu filho (com pouco mais de um ano) a fazer barulho junto à sala de conversa (ou sala das vacinas). Foi remédio santo. Passado um pouco, saiu a médica e foi atender a paciente. Mas as enfermeiras achavam que não era com elas e continuaram com a conversa. Até que o meu filho fez o que eu estava a "pedir" há já algum tempo: entrou pela sala dentro! Foi assim que conseguimos ser atendidos...
Depois de o meu filho levar a injecção, comentei com as enfermeiras que não conseguia compreender o tempo que ficámos à espera. A única resposta dela foi: "estávamos numa reunião" e desapareceu porta fora, não me dando hipótese para lhe explicar que a reunião até podia ser com o ministro da Saúde que os clientes (que é o que nós somos) têm prioridade (ainda para mais quando o tema da reunião era sobre cabeleireiros...)!

E depois vêm reclamar aumentos, idade para reforma inferior aos restantes trabalhadores, etc. e ficam espantados por haver tanta gente (do sector privado) chocada com as regalias que esta escumalha tem!

Metro chega a Maia já no Sábado

Percurso entre o Estádio do Dragão e o centro maiato pode ser feito a partir das 19 horas de Sábado. Este percurso demora 32 minutos, custa um euro e a assinatura mensal fica por 25,70 euros.

"Em horário de Verão e durante a hora de ponta (entre as sete e as dez horas e as 17 e as 20 horas), os passageiros poderão contar com quatro veículos duplos por hora, transportando até 1600 pessoas em cada um dos sentidos.
Em Setembro, a frequência de viaturas deverá ser reforçada com o horário de Inverno e o fim das férias para milhares de moradores do Grande Porto. A Empresa do Metro estima que a Linha Verde terá 1,8 milhões de utentes por ano."

No JN


Outra boa notícia é a primeira viagem experimental da Linha Amarela, entre a Câmara de Gaia e o pólo da Asprela, já na 2ª feira que vem. Falta é saber quando será inaugurada.

Mais lenha para a fogueira da Ota

As transportadoras aéreas contestam a necessidade do investimento num novo aeroporto, sobretudo a 50 Km de Lisboa e defendem que a Portela pode ser optimizada, noticia hoje o Jornal de Negócios.
Afirmam que desconhecem qualquer estudo de viabilidade para o novo aeroporto.
Dizem-no no mesmo dia em que, Mário Lino, o ministro das Obras Públicas, sublinhou que a construção do aeroporto da Ota «não é um investimento público, mas essencialmente privado», colocando desta forma a discussão sobre a Ota num plano diferente do investimento no TGV.


No Jornal de Negócios

Ora bem, já contestaram o (ex-) ministro Campos e Cunha, Fernando Pinto, Ribeiro da Fonseca (presidente da Portugália), o D. Sebastião Socialista António Vitorino, um conjunto de 13 economistas (entre eles, Miguel Beleza, João Salgueiro, Nogueira Leite, Silva Lopes, José Ferreira do Amaral, António Carrapatoso e Medina Carreira e por todo o lado surge contestação a este projecto. Afinal, quem está tão interessado neste projecto?

quarta-feira, julho 27, 2005

Leitura Recomendada

Participação do ministro da Economia no debate da Ordem dos Economistas, no A Mão Invisível (mais uma vez, via Blasfémias).

De assustar qualquer pessoa....

O Fim da Democracia (via Blasfémias).

Bem feito!

"Segundo o coordenador nacional das operações do protesto dos camionistas, Dinis Correia, três camiões foram multados na VCI pela PSP, em 300 euros cada um, por circularem demasiado devagar.
A circulação de trânsito na Via de Cintura Interna (VCI), Porto, estava às 9:30 muito congestionada em ambos os sentidos devido ao protesto dos camionistas, disse fonte da Divisão de Trânsito da PSP/Porto. " (PD)

O chamado jornalismo isento

"O alegado operacional do MDLP - movimento de extrema-direita surgido no pós-25 de Abril suspeito da realização de vários atentados contra o PCP e outras forças democráticas - é agora administrador do condomínio de um prédio de luxo da cidade e foi à assembleia requerer a Rui Rio a resolução de alguns problemas relacionados com a administração do prédio."
No "O Comércio do Porto"

Gostava que esta jornalista fizesse o mesmo quando se refere a Otelo, por exemplo. Aqui nem precisa de pôr "alegado", já que foi condenado e tudo... pode mesmo dizer, "o lider das FP-25 - responsável pela morte de vários inocentes - Otelo Saraiva de Carvalho"... No dia em que este jornalismo de merda fizer isto, também aceito estas atoardas.
Já para não falar no pormenor de juntar o PCP a outras forças democráticas, ou de este pequeno pequeno aparte não ter qualquer relevância para o mundo...

segunda-feira, julho 25, 2005

O Circuito da Boavista

Espanta-me que ainda ninguém se tenha preocupado com os vários acidentes que têm ocorrido na Circunvalação, desde que ocorreram as Corridas na Boavista, alguns deles mesmo com bastante gravidade.
Não quero dizer que as corridas são responsáveis por isto, mas o facto de não retirarem os rails, as vigas de betão e continuar com um ar de pista, ajuda a que estes jovens se achem pilotos de corridas.
Infelizmente, no passado Sábado morreram 2 e o condutor ficou ligeiramente ferido.

Não seria recomendável nestas alturas a polícia estar mais atenta na Circunvalação (e de uma forma visível!) para evitar estas situações durante este período pós-corridas?

Afinal quem defende a Ota?

Fernando Pinto, administrador-delegado da TAP, deu uma entrevista ao Diário de Notícias que será publicada, na integra, segunda-feira e onde fala sobre o aeroporto da Ota e o da Portela. «Nunca vi um estudo a justificar a Ota. Nem eu, nem ninguém na Associação Portuguesa de Transportadoras Aérea (Aportar)», garante. O administrador-delegado da TAP, que fala também na qualidade de membro da Aportar diz não ter dúvidas de que «um dia a área de Lisboa vai precisar de um novo aeroporto, se é a Ota, ou outro local, não sei». Mas saliente que face à dimensão do país, a nova infra-estrutura «não deve ficar longe da sua cidade principal» e a Ota «é longe». Aliás, considera mesmo que a Portela é a melhor localização. (Portugal Diário, via GLQL)


O presidente da companhia aérea Portugália, em entrevista à Renascença, lança sérias dúvidas sobre a opção escolhida por José Sócrates sobre a construção do aeroporto na Ota.
Ribeiro da Fonseca
considera mesmo que a futura localização do aeroporto de Lisboa vai fazer com que o nosso país perca competitividade.
Ainda nesta entrevista, o presidente da Portugália acusa o Governo de esconder os estudos sobre a necessidade de um novo aeroporto. (Portugal Diário)


Eu diria que a resposta à minha pergunta está no "post" do RAF, no Blasfémias... O pior é que toda a gente fala nisto, mas ninguém age para o confirmar...

Semana Complicada

Esta foi uma semana com muitos aspectos negativos:
- Tivemos mais atentados, em Londres, Turquia, Egipto e Iraque, provocando mais de uma centena de mortos
- O nosso ministro das Finanças saiu e entrou um apoiante da Ota e TGV (ou yes-man do 1º ministro)
- O Marocas, que perdeu a noção do tempo, decidiu candidatar-se à presidência da república.
- A Media Capital anunciou a venda (ou direito de preferência na venda...) de uma boa parte do seu capital a uma empresa espanhola, a Prisa.

O único aspecto positivo mesmo foi que já passou e já só faltam duas semanas para ir de férias...

Fotoben

De blogue em blogue, cheguei ao fotoben. (via cibertulia).

Alguns exemplos (recomendo, no entanto, ir clicando e ver outras imagens):
http://fotoben.blogspot.com/2005_07_20_fotoben_archive.html
http://fotoben.blogspot.com/2005_07_16_fotoben_archive.html

sábado, julho 23, 2005

A lista de Rui Rio

O actual vice-presidente da Câmara do Porto, Paulo Morais, poderá não fazer parte das listas da coligação PSD-CDS/PP à Câmara do Porto depois de conhecida a "promoção" do líder da Concelhia democrata-cristã e actual presidente da Assembleia Municipal, Álvaro Castello-Branco, a "número dois" da lista de Rui Rio à Câmara nas próximas eleições autárquicas.

Ai meu Deus...........................................

Um grupo restrito está a elaborar as listas: Rui Rio e Francisco Ramos, presidente da Concelhia do PSD, por parte dos sociais-democratas, e Álvaro Castello-Branco e Manuel Maio, líder da Concelhia do CDS/PP, por parte dos democratas-cristãos. Manuel Maio será, conforme adiantou o próprio ao COMÉRCIO, recandidato pela coligação à Junta de Ramalde.

Cruz credo!!!

Lá vou ter de votar em branco pela segunda vez na minha vida... a 1ª foi para a Junta de Freguesia de Ramalde... O que é que isto tem em comum?

No "O Comércio do Porto"

sexta-feira, julho 22, 2005

Não foi desta

Afinal, não me vou reformar mais cedo. O país precisa de todos os que podem dar um bom contributo e eu ainda tenho muitos anos de trabalho pela frente, uns 32 anos (pelas contas actuais... até lá pode ser que afinal sejam mais uns anitos).

ah, e já agora, a combinação ganhadora do sorteio de hoje do Euromilhões é a seguinte:
3 - 14 - 41 - 48 - 49. Os números correspondentes às estrelas são o 01 e o 04.

o meu 2+1 só deve dar, mesmo, para pagar o investimento... se saiu a algum leitor do Portuense, não se esqueça de mim quando for fazer a distribuição de uns milhões de euros :-)

Vai ser desta!

Se tudo correr bem, hoje será o dia da minha reforma antecipada.

"Noventa e seis milhões de euros. O maior prémio de sempre na história do Euromilhões pode, hoje à noite, se sair apenas a um português, torná-lo numa das 100 pessoas mais ricas do país. A dúvida que se coloca é saber o que fazer com tanto dinheiro. Como aplicar tal montante, quais as soluções mais adequadas e que tipo de decisões devem ser tomadas são as principais preocupações, se é que elas existem, de um recém-milionário."

Olha que chatice! Já estou preocupado com esse pormenor...

"De facto, com 96 milhões de euros, é possível viver à grande apenas dos juros. Se for aplicada uma taxa de 2%, consegue-se um ganho mensal de cerca de 160 mil euros (32 mil contos), o suficiente para comprar, por exemplo, o próximo modelo da Ferrari, o F430 Spyder. "

Ora aí está uma boa mesada...

terça-feira, julho 19, 2005

Exponor na Feira?

O "O Comércio do Porto" de hoje anuncia que a AEP chegou a acordo com a Câmara de Santa Maria da Feira para transferir a Exponor de Matosinhos para essa cidade. E que projecto ambicioso têm eles!

"Além do centro de exposições irão ser construídos um pólo de desenvolvimento tecnológico e cientifico, uma entidade incubadora de empresas, clínica de serviços continuados, moradias e blocos habitacionais, hotéis de 4 e 5 estrelas, campos de golfe, courts de ténis, um museu da indústria e um centro de artes." CP

A ser verdade, o centro de Exposições vai ficar mais longe do Porto, certamente com repercussões nas taxas de ocupação nos hóteis e restauração da nossa Invicta. Poderá ser também uma oportunidade para se fazer da zona industrial de Ramalde um Centro de Congressos e Exposições, como é intenção de Rui Rio.

Já para os lados de Matosinhos, Narciso tenta desmentir esta hipótese:

"A Exponor foi uma grande conquista de Matosinhos há 18 anos atrás e dou a garantia absoluta de que vai continuar em Matosinhos. Tudo não passa de uma excitação pré-leitorall!".
Ainda assim, foi num tom cauteloso que Narciso abordou o tema. "O futuro da Exponor em Matosinhos está a ser tratado no local certo e em articulação com a Associação Empresarial de Portugal (AEP) e o seu presidente Ludgero Marques com quem tenho reunião marcada para a próxima sexta-feira. Mas posso garantir que a Exponor fica!", repetiu Narciso , rejeitando qualquer conflito existente com aquele organismo depois de, há cerca de dois anos, a autarquia ter rejeitado ceder terrenos para a construção de três novos edifícios para a Exponor. "Podíamos ter cedido mas isso seria meter-nos numa grande alhada. Agora está tudo resolvido", concluiu. CP

Ou seja, quis armar-se em esperto e deu para o torto! Quando autorizou a construção daqueles 2 mastodontes pomposamente apelidados de "Entre-Quintas" não se preocupou com a alhada em que se poderia meter.........

Para quem GOSTA de F1

Para quem GOSTA de F1 e tem saudades de uma verdadeira corrida, recomendo vivamente ver este video.
Demora um pouquinho a carregar, mas vale a pena ver a luta entre Nelson Piquet e Ayrton Senna...

Que saudades...........

segunda-feira, julho 18, 2005

Gastos milionários na GALP

UM QUADRO superior contratado pela Galp quando António Mexia assumiu a administração, em 2002, recebeu uma indemnização de 290 mil euros para sair da empresa, apenas dois anos depois de ter entrado. Este quadro acompanhava Mexia desde que este era responsável pela Gás de Portugal - e negociou o contrato com vários anos de antiguidade, que acabaram por lhe dar direito ao elevado montante. Poucos dias depois de Mexia sair da Galp para o Governo, o mesmo quadro foi admitido (com a indemnização no bolso) na Refer, uma empresa tutelada pelo seu ex-patrão.

Este artigo deve ser de leitura obrigatória para vermos como estas elites políticas funcionam. Este não é o único caso. Neste mesmo artgo são referidos vários exemplos de como se rouba descaradamente neste país. É uma pouca vergonha! E o mais chocante é que nada é feito! Não consigo compreender o pudor do Expresso em não divulgar o nome deste "Quadro Superior". Para mim, estes fdp's deveriam ser proibidos de exercer cargos em empresas públicas e, porque não, passar uns aninhos a ver o sol aos quadradinhos...

sexta-feira, julho 15, 2005

Viva à Greve

A função pública está de greve. Mais uma vez numa 6ª feira e com a vantagem de ser na transição de quinzena de férias, permitindo a milhares partir de férias mais cedo e com menos trânsito!
Pelas declarações que ouvi hoje na Sic-Notícias, os grevistas estão satisfeitos porque conseguiram adiar várias operações agendadas para hoje, os serviços de enfermaria estão reduzidos, entre outras grandes metas atingidas.
Segundo uma sindicalista entrevistada, a culpa de pessoas não serem operadas e não saberem quando vão voltar a ter outra oportunidade pertence exclusivamente ao Governo. Porque se não tivesse tomado as medidas que tomou e ter retirado direitos isto não teria acontecido...

E com isto termino com um Viva para a Liberdade à Greve e à Falta de Respeito pelos outros!

quinta-feira, julho 14, 2005

Barbaridades

Ao ponto que isto já chegou. Jorge Coelho a discursar para um grupo de militantes socialistas informa que o povo gosta da Bárbara, os socialistas gostam da Bárbara.
Mas afinal quem é a Bárbara?
Será a Barbara Bush?
E qual é a importância dessa Bárbara para o povo e socialistas para ser tão veementemente apoiada pelo "2º ministro de Portugal"?

Imbirrações 2

Eu também quero um daqueles carros topos de gama com umas luzinhas especiais de corrida e que lhes permite ir a 200 km/h na auto-estrada, sem medo das multas da GNR.

Não há uma viagem que não apanhe um desses na estrada.

Imbirrações

Uma coisa que me dava um enorme prazer nas minhas viagens de carro pela A1 era passar pelo viaduto na zona de Arouca, mais propriamente no quilómetro 245. Era um sem fim de manto verde, por montes e montes. Nesse sítio cumpria sempre o limite de velocidade para admirar a beleza daquela zona do nosso país.
Ontem fiquei triste. Deixou de ser verde, passou a castanho ou preto. Uma boa parte dessa floresta ardeu com os recentes incêndios que assolaram Arouca, Vale de Cambra, etc.

segunda-feira, julho 11, 2005

Concorrência desleal...

Enquanto o Alberto João se põe a dizer barbaridades, o centro de Chaves num Sábado à tarde tem todas as lojas fechadas. Todas? Não. Uma loja "chinesa" teima em manter as portas abertas...

E, nos vidro de uma agência de viagens, encontramos este aviso:

Image hosted by Photobucket.com

Perceberam? :-)

Palácio do Freixo

Ontem quis fazer uma visita ao Palácio do Freixo. Dei com o nariz no portão. Certamente é isso que Francisco Assis pretende para o Palácio do Freixo, quando instalarem lá o Governo Civil.
Image hosted by Photobucket.com

No Sábado, a caminho de Vidago, parei na Pousada do Marão, visitei as salas e "almocei umas tostas mistas" para não chegar tarde ao local de destino. Como lá não há jardins também não pude passear mas, caso houvesse, certamente o faria. As Pousadas de Portugal permitem a não hóspedes visitar e passear na maior parte das "zonas sociais" das unidades.

Voltando ao Palácio do Freixo, as fotografias estão com uma cor estranha devido ao fumo dos incêndios no concelho de Gondomar e que tomou conta do céu de todo o nosso distrito. Ou será que está triste por não ter visitas e votada ao abandono?

Image hosted by Photobucket.com

Com o tempo saberemos o destino que este palácio terá. Se uma Pousada, se a sede de um Governo Civil.

Image hosted by Photobucket.com

Entretanto deixo o "link" para três Pousadas, em espaços tão bons ou melhores que o nosso Palácio do Freixo:

Pousada D. Maria I, em Queluz
Pousada D. Afonso II, em Alcácer do Sal
Pousada Santa Maria de Bouro, em Amares

sexta-feira, julho 08, 2005

quinta-feira, julho 07, 2005

Londres



Depois da festa de ontem, Londres foi hoje abalada com várias explosões nas estações do metro e em 3 autocarros.
Mais uma vez, inocentes sofrem as consequências de actos terroristas. Por enquanto, falam-se em duas vitimas e dezenas de feridos.

Mais informações:
BBC
Portugal Diário

quarta-feira, julho 06, 2005

London 2012

Não podia deixar de referir a escolha do COI para a organização dos Jogos Olímpicos de 2012:



Londres volta a ser a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos, pela 3ª vez (as duas anteriores foram em 1908 e 1948)!

Programa para o fim-de-semana 2

Inserido no centenário Parque de Vidago, com 40 hectares privados de paisagem de imponentes Cedros, Plátanos, Pinheiros e Azevinhos, descobre-se um dos mais belos e carismáticos locais de Portugal, o Vidago Palace Resort.



Em 1908 teve início a construção do hotel e, já na época, foi o realizar de um sonho, com o seu estilo arquitectónico neo-romântico a recuperar os grandes palácios de outros tempos.
Hoje, o Vidago Palace Hotel está adaptado às exigências da hotelaria moderna, sendo a base ideal para descobrir uma das regiões mais bonitas de Portugal, Trás-os-Montes, a que Miguel Torga chamou de “Reino Maravilhoso”.




Pode ler mais no Dias-com-Árvores, aqui e aqui

Site do Hotel: Vidago Palace



(fotos gentilmente roubadas ao site do Hotel... afinal, até lhes estou a fazer publicidade!)

Programa para o fim-de-semana 1

TRÂNSITO ALTERADO NAS RUAS DO PORTO

De dia, circulação impedida
Avenida da Boavista (entre a Praça Gonçalves Zarco e a Rua António Aroso)
Avenida do Parque
Rua da Vilarinha (entre a Avenida do Parque e a Estrada da Circunvalação)
Estrada da Circunvalação, entre a Rua da Vilarinha e a Praça Cidade de Salvador
Praça Cidade Salvador
Via do Castelo do Queijo
Praça Gonçalves Zarco
Rua Martim Moniz (no troço final, junto à Rua da Vilarinha)

Excepto no acesso a garagens
Rua da Malaca
Praça de Goa
Rua de Nevogilde (no troço final, junto à Avenida da Boavista)
Avenida da Boavista (e, no troço sul, entre as ruas António Aroso e de Nevogilde)
Rua da Vilarinha (entre a Rua António Aroso e a Avenida do Parque)
Rua da Vila Nova (no troço final, junto à Rua da Vilarinha)
Avenida Montevideu (entre a Praça Gonçalves Zarco e a Rua de Timor)
Na Avenida Montevideu, entre a Rua de Timor e a Rua Pêro da Covilhã, estabelecido o sentido único norte/ sul
Na Rua Marechal de Saldanha, entre a Praça de Goa e a Rua Pêro da Covilhã, só se circula no sentido sul/ norte, de autocarro ou para aceder a garagens
Na Rua de Timor só circularão autocarros e carros de moradores que acedam a garagem

De noite, circulação condicionada
Na Avenida da Boavista, entre a Praça Gonçalves Zarco e a Rua António Aroso, o trânsito circula só no sentido poente/ nascente
Na Avenida do Parque, circula-se no sentido sul/ norte Na Rua da Vilarinha, entre a Avenida do Parque e a Circunvalação, a circulação é no sentido nascente/poente
Na Rua da Vilarinha, entre a Avenida do Parque e a Rua António Aroso, circula-se no sentido poente/nascente
Na Circunvalação, entre a Rua da Vilarinha e a Praça Cidade de Salvador, circula-se no sentido nascente/poente
Na Via do Castelo do Queijo, a circulação é no sentido norte/sul Na Rua de Malaca, no sentido norte/sul Na Rua Marechal de Saldanha, circula-se entre a Praça de Goa e a Rua Pêro da Covilhã

Aeroporto de Lisboa na Ota

O DESGoverno anunciou como prioritário duas obras emblemáticas, típicas dos socialistas. O novo aeroporto "de Lisboa" na Ota e o TGV.

Em relação à Ota, só posso chegar à conclusão que meia duzia de pessoas vão enriquecer forte e feio com esta medida. Porque são os únicos a defender uma obra que é rejeitada pela maioria dos portugueses. Nunca vi tanta oposição como a que está a haver para esta obra - até presidentes da Câmara de Lisboa se opuseram e alguns actuais candidatos já manifestaram a sua oposição a tal decisão! No entanto, o governo quer avançar com isto.... Será do Guaraná?!

Basta ouvir o que Belmiro Azevedo disse recentemente no Prós e Contras da passada 2ª feira, ou Miguel Beleza ontem na SIC Notícias para se perceber que este projecto pode ser muito facilmente evitado. Não é preciso ser um génio para perceber que, aproveitando o aeroporto de Montijo ou de Alverca para os vôos charter ou low cost, ou mesmo, os vôos para as Ilhas, é o suficiente para adiar para as calendas gregas a necessidade de se fazer um novo aeroporto.

Como alternativa válida para o aeroporto de Lisboa existem o aeroporto de Faro e do Porto. Basta que estes voltem a ter vôos directos para África (do Porto para Maputo tenho de fazer escala em Lisboa), Brasil (por exemplo, para ir para Recife, temos de fazer escala em Lisboa...) ou outros destinos na Europa (pela pesquisa que fiz no site, a TAP obriga-me a parar em Lisboa, nos vôos para Madrid...) que é o suficiente para Lisboa não ter taxas de crescimento tão elevadas. Por acaso era um gráfico bonito de se fazer: acompanhar a evolução dos aeroportos de Lisboa e do Porto e assinalar ao longo do gráfico a perda de rotas neste aeroporto....

Entretanto, recomendo a leitura da comparação do aeroporto de Lisba com o de... Málaga (via Nortadas). Quem ainda tenha dúvidas, que dê uma olhada neste trabalho e depois venha defender esta obra!

terça-feira, julho 05, 2005

Africa, Globalização, Corrupção e Ajudas

Leitura recomendada:
Tretas no Abrupto (via Blasfémias).

Metro: ligação Porto/ Vila do Conde inicia-se em Outubro

A ligação de metro entre o Porto e o centro urbano de Vila do Conde inicia-se em Outubro, um mês depois de as composições chegarem a Mindelo, sul daquele concelho, informou hoje fonte autárquica.

No texto, a autarquia lamenta que a primeira fase da operação comercial da linha de metro para Vila de Conde se vá processar em carruagens do "Eurotram", do mesmo tipo das que operam nos concelhos do Porto e Matosinhos, e não nas que estavam previstas.
Para a linha de metro que servirá Vila do Conde - coincidente com o traçado da antiga ferrovia da Póvoa - estavam previstas composições do tipo "tram-train", "mais cómodas e rápidas", mas o concurso visando a sua aquisição foi anulado e "só virão mais tarde", explica o comunicado.


No Portugal Diário

segunda-feira, julho 04, 2005

Zoo da Maia 3

De todos os animais, foi o pequeno urso o que mais sucesso teve:

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com

Zoo da Maia 2

O estiloso...

Image hosted by Photobucket.com

Zoo da Maia

O Zoo da Maia, apesar de pequeno (e de sairmos de lá com alguma pena da bicharada), é uma boa opção para quem queira entreter a criançada durante uma tarde do fim-de-semana.

Image hosted by Photobucket.com

Leões, leopardos, tigres, panteras, zebras, macacos, orangotangos, hipopótamos, ursos ou um sem número de aves, são o suficiente para se "perder" algumas horas neste jardim zoológico.

sábado, julho 02, 2005

Central Nuclear

Segundo o Expresso de hoje, a central nuclear que Patrick Monteiro de Barros quer construir em Portugal deveria ficar no Vale do Douro!

A CENTRAL nuclear de Patrick Monteiro de Barros vai ser «empurrada» para o Norte do país, em plena bacia do Douro. Os ambientalistas já gritaram contra a iniciativa, mas quem ficará menos satisfeito serão os produtores de vinho do Porto, devido aos riscos de alteração do microclima.

Acho engraçado que estes "senhores" de Lisboa se lembrem do interior para fazerem estas coisas (quanto mais longe de minha casa melhor)... Convém lembrar que o Douro é Património Mundial. Se calhar eles não sabem disso...

sexta-feira, julho 01, 2005